CidadeEletronika: Intervenções urbanas, debates, picnic e muito mais

De 10 a 16 de maio de 2010 acontece em Belo Horizonte, o CidadeEletronika, um evento criativo sobre cidade, urbanismo, intervenção urbana e afins. Entre os participantes estão: Poro, Guto Lacaz, GIA, Projeto Pedregulho, MOM, Frederico Pessoa, KazaVazia, Embolex, Mondkopf, Nydia Negromonte, Piseagrama, Renata Marquez, Wellington Cançado, Roberto Andrés e Fernanda Regaldo, Marcelo e Marconi Drumond, Adriano Mattos.

Confira a programação e participe:

10 e 11 :: MOSTRA DE VÍDEO ARTE.MOV

Festival Internacional de Arte em Mídias Móveis

Segunda e terça, dias 10 e 11, das 19h às 20h
Auditório da Escola de Arquitetura da UFMG
Sujeito a lotação (140 lugares)

SEG 10: MOSTRA COMPETITIVA
Seleção feita a partir dos mais de 2.000 trabalhos inscritos nas quatro edições do festival
Videos criados para celulares ou outros meios de fácil acesso, exibidos em telas pequenas ou de baixa definição, na Internet, nas redes sociais
Curadoria: Lucas Bambozzi, Rodrigo Minelli e Marcus Bastos

TER 11: PROGRAMA ARTES LOCATIVAS
Registros de performances, projetos e obras que envolvem artes locativas criadas por artistas do mundo inteiro: Os Duelistas ||| Videoman – videointervenções móveis em contextos urbanos específicos ||| Meu nome é Ronaldo ||| Paintersflat.net ||| Hundekopf, Knife and Fork ||| Can you see me now? Shefield ||| Loca

12 a 15 :: MESAS

De quarta a sábado, 12 a 15 de maio, das 19h às 22h
Auditório da Escola de Arquitetura da UFMG
Sujeito a lotação (140 lugares)

QUA 12 :: PISEAGRAMA
Os rumos atuais das cidades, seu desenvolvimento e sua regulação urbana
Mediadora: Fernanda Regaldo / Cientista política e editora de PISEAGRAMA / BH
Debatedores:
Marcos Vinícius Poliano / Coordenador do projeto Manuelzão  www.manuelzao.ufmg.br
Maria Caldas / Consultora técnica especializada da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas . www.pbh.gov.br
Roberto Andrés / Arquiteto, professor da UFMG, editor de PISEAGRAMA.

QUI 13 :: OMEMHOBJETO
Reflexão sobre a capacidade do design e da criação em transformar a sociedade
Mediadora: Renata Marquez / Artista, Arquiteta, Professora de Design e Arquitetura na UFMG
Debatedores:
Guto Lacaz / Artista multimídia – SP
Marcelo Drummond / Artista gráfico e Professor da Escola de Belas Artes da UFMG

SEX 14 :: PEDREGULHO
O papel das artes na recriação e resignificação do mundo contemporâneo
Mediador: Wellington Cançado / Arquiteto e Professor de Design e Arquitetura na UFMG
Debatedores:
Bia Lemos / Curadora e propositora Projeto Pedregulho – RJ
Cris Ribas / Curadora e propositora Projeto Pedregulho – SP
Marconi Drummond / Curador do Museu de Arte da Pampulha / MAP – BH
KazaVazia / Coletivo de arte – BH

SAB 15 :: PALESTRA-SHOW PORO + GIA

19h
Exibição do documentário “PORO: intervenções urbanas e ações efêmeras” (PORO / AIC)
19:30h
Palestra-Show do Grupo de Interferência Ambiental-GIA / Salvador
Mediador: PORO – Marcelo Terça-Nada! e Brígida Campbell / BH
21:00h
Lançamento do CD SambaGIA (Amnésia Discos, 2009)
Primeiro projeto musical do GIA. Um trabalho que aproveita a força de aglomeração do samba, para registrar as ações urbanas e situações ambientais propostas e vivenciadas pelo grupo.

LANÇAMENTOS DE LIVROS

QUI 13 :: 21H :: ESCOLA DE ARQUITETURA

OMEMHOBJETO
GUTO LACAZ (Décor Books, 2010)
460 imagens dos principais desenhos, objetos, instalações, performances e sites criados pelo artista multimídia

SAB 15 :: 11H :: CAFÉ COM LETRAS

PEDREGULHO
Registro das experiências e interferências artísticas junto à comunidade do Pedregulho conhecido como “Minhocão”, na zona portuária do Rio de Janeiro, realizadas pelo grupo ICC (Institutos Cidades Criativas), com arquitetos, urbanistas, pesquisadores, críticos de arte, historiadores

PICNIC URBANO

Domingo, 16 de maio. De 11 às 21 horas
Rua Paraíba com Rua Gonçalves Dias, em frente à Escola de Arquitetura da UFMG

Artistas, músicos, arquitetos, designers, vizinhos, passantes, todo mundo é bem vindo: duas ruas serão fechadas para o nosso Picnic.

Traga a toalha xadrez, seu lanche, a cadeira de praia, seu livro preferido, brinquedos, crianças, os amigos, os seus avós: a ideia é interagir, curtir, relaxar, conversar, participar das intervenções, dançar, o que você quiser.

INTERVENÇÕES URBANAS

As rotatórias criadas pelo Instituto Cidades Criativas (ICC), são divertidos e deliciosos espaços para você circular no meio de obras criadas por diferentes artistas durante o domingo inteiro:

CASA DAS VITAMINAS (Nydia Negromonte): ação-instalação que envolve extração e distribuição de sucos de frutas.

PISEAGRAMA (Árvores Portáteis): monte sua própria floresta: as árvores são móveis, pra você ficar na sombra e água fresca.

GIA: Grupo de Interferência Ambiental / (Caramujo): grupo formado por artistas visuais, designers, arte-educadores e músicos apresentam suas divertidas intervenções.

MOM: Grupo Morar de Outras Maneiras / (Interface de Espacialidade): projeto participativo onde o público é convidado a construir e experimentar espaços em escala real, a partir de maquetes e modelos digitais

BAMBOLÊ DE FOGO (Liga Brasileira de Queimada): jogos de rua, para crianças e adultos: junte amigos e uma bola

MOBÍLIA INDISCIPLINADA: Adriano Mattos e Suportes Mobiliários: os curiosos resultados da oficina de marcenaria estarão disponíveis para quem quiser usar.

SHOWS

Palco montado em espaço público

17h Intervenção Sonora com Frederico Pessoa: sons possíveis, paisagens sonoras, fundos musicais inovadores

18h EMBOLEX
pioneiro no desenvolvimento do VJing no Brasil, apresentam-se com grandes nomes nacionais e internacionais. Atualmente desenvolvem um set video-musical composto como um mosaico colaborativo misturando estilos musicais e elementos culturais do mundo inteiro. Conhecidos e desconhecidos contribuem com o material bruto que se transformará num mashup audiovisual. Você pode participar. Envie cartões postais, fotos e vídeos para caixaprego@embolex.com.br . O resultado você vê ao vivo durante a performance.

19h30 MONDKOPF
GALAXY OF NOWHERE – eleito um dos melhores artistas do ano da revista francesa Les Inrocks. Mistura hip hop, tecno, dance floor, numa produção refinada – uma composição instintiva com partes introspectivas e partes descontroladas.

(Fonte: virgulaimagem.redezero.org)